Home sei la Já virou descaso…
Já virou descaso…
0

Já virou descaso…

0
0

Por: Mayara Almeida

 

 

Se tinha uma coisa que eu gostava no Rogério Ceni, quando ele ainda era jogador, era como ele chamava a responsabilidade para si. Mesmo quando a falha era de um ou outro zagueiro, ele chamava para si a bronca. Coisa de líder que é, e isso é inegável.

Como treinador, ele não tem como puxar para si todos os erros. Por mais que seja ele o treinador, no fim, não é ele que chuta no gol. Tem tentado fazer um time ofensivo, mas com que peças? Sério. Quem apostaria no início da temporada que Cueva seria substituído? Eu não.

No domingo, Renan assumiu que todo o elenco é culpado. Também é atitude de líder. Ele tem sido o melhor em campo, e deve ser difícil, depois de tanto tempo na reserva, ter a sua frente 10 jogadores que não são capacitados ou que precisam de peças melhores para engrenagem. É o caso de Pratto, que tem passado despercebido, mas não é inteiramente culpa dele.

O descaso mesmo vem de cima. Vem da diretoria que todo ano de 2010 pra cá monta “time pra brigar”. Para brigar pelo o que exatamente? Para não cair ribanceira abaixo, só se for.

Todo ano, chega nessa época, nos damos conta que o Campeonato Brasileiro não será para nós. Mas sempre temos a esperança que, se manter o time, trouxer uma ou duas peças, subir mais uns dois ou três jogadores da base, a gente consiga manter um time competitivo. Mas não.

Chega a janela do fim do ano, e é impossível de imaginar que bons garotos ficarão, ou até mesmo uma peça importante como Gilberto (porque raios é reserva?) saia do elenco.

Nas próximas semanas teremos muito tempo para treinar, já que pela nossa facilidade de sermos eliminados de competições, só teremos jogos aos domingos. Praticamente um calendário dos sonhos para recuperação física. Que desculpas daremos para o fracasso?

É inevitável. Virou descaso. Virou passeio de uma diretoria pequena que só pensa em si, em política barata e não pensa no principal. Esperou até a última semana para renovar com um ídolo do porte de Lugano. Isso não pode voltar a acontecer. O São Paulo deveria estar acima de todos lá. Mas deve ser a última coisa que pensam. Lamentável.

 

 

*Imagem: AMP

Mayara Escolhi o São Paulo aos 7 anos. Decidi não seguir o caminho da família palmeirense. Jornalista com a esperança utópica de tornar o mundo mais humano. Tenho um amor incondicional pelo tricolor do Morumbi. Ídolos: Raí e Rogério Ceni.