Home sei la A essa altura, só dá pra desejar boa sorte
A essa altura, só dá pra desejar boa sorte
0

A essa altura, só dá pra desejar boa sorte

0
0

Por: Mayara Almeida

 

Tricolores, o que foi está última semana no São Paulo? Reuniões, demissões, contratações e nós lá: na zona de rebaixamento. Que jogo péssimo será este de quinta-feira, às 19h30, frio, vice lanterna versus lanterna.

Por trabalhar bem próximo ao Morumbi, para mim não será muito difícil chegar ao estádio neste horário. Mas não dá pra julgar aquela pessoa, que mesmo amando incondicionalmente o clube, não irá por “trabalhar e/ou morar longe”, daquele que na verdade não irá porque não é nada atrativo ver o time nesta situação.

Durante a coletiva de apresentação de Dorival Jr., ontem, deu pra perceber o motivo do clube estar assim. Um presidente omisso e um diretor que se contradiz quando diz que o São Paulo nunca teve a intenção de vender Rodrigo Caio. Claro que queremos contar com ele, mas dizer que nunca quiseram vender, um jogador que trará bons milhões aos cofres soa como piada aos ouvidos do torcedor.

Ouvindo as palavras do nosso novo técnico, deu pra perceber que ele está realista porém com um pouco de esperança. Isso é bom. Dará um novo ânimo ao vestiário.

“Confio, acima de tudo, no meu trabalho. Vou procurar fazê-lo com muita intensidade e carinho. […] A história do São Paulo tem um peso muito grande, é um dos clubes mais conceituados do Brasil e do mundo, tem que ter outra condição”, disse ontem em entrevista coletiva – você pode acompanhar a íntegra nas mídias sociais do clube.

Entre nós, que honra deve ser treinar o São Paulo, que honra maior ainda deve ser ter o nome como um dos cogitados quando o maior ídolo do clube cai como técnico. Dorival chega para arrumar o time, dar uma cara para ele, nos livrar da zona de rebaixamento, ajudar a equipe a nos dar, pelo menos, alguns momentos de alegria, para promover sem queima jogadores da base… Ufa… quanta coisa na mão de uma pessoa só.

Seria ótimo se ele tivesse ajuda de alguém que já conhece o ambiente ali, em quem confiar, em quem não confiar… Seria ótimo se essa pessoa fosse Pintado. Mas o que fizeram com ele foi mais uma das covardias da atual gestão. Por qual motivo o deixaram treinar o time no último domingo? Olha só o que estão fazendo com nossos ídolos. Com caras que nos ajudaram no passado e que tem muito pra ajudar no presente equipe futuro. Que ele possa ter uma carreira de sucesso. Pessoa de coração bom e que ama o clube.

Agora só resta nos desejar sorte ao Dorival e a nossa nova comissão técnica. Que essa situação passe logo. Infelizmente estamos no lugar que nos cabe agora, mas como somos o Clube da Fé, temos fé que é passageiro.

 

*Imagem: Rubens Chiri – São Paulo FC

Mayara Escolhi o São Paulo aos 7 anos. Decidi não seguir o caminho da família palmeirense. Jornalista com a esperança utópica de tornar o mundo mais humano. Tenho um amor incondicional pelo tricolor do Morumbi. Ídolos: Raí e Rogério Ceni.